Cirurgia de ombro: Recomendações e Pós Operatório

A cirurgia no ombro é um procedimento que tem se desenvolvido muito nessa última década. Desenvolvimento esse, que é fruto do aperfeiçoamento técnico dos profissionais e  da evolução das ferramentas de diagnóstico.

A causa mais comum de dor no ombro, é quando os tendões inflamam ou se danificam. Essa condição se chama tendinite do manguito rotador.

Os fatores mais comuns que podem causar essa inflamação, são atividades profissionais ou esportivas que demandam movimentos repetitivos ou o desgaste natural por conta do envelhecimento.

No caso da Tendinite e da Bursite, a cirurgia é uma exceção. Existem diversas opções de tratamentos menos invasivos que podem gerar ótimos resultados.

Mas, existem algumas patologias onde a cirurgia é recomendada, como as fraturas, as Roturas Tendinosas dos Músculos do Manguito Rotador (conjunto de quatro músculos do ombro – Supra espinhoso, Infra espinhoso, Subescapular e Redondo Menor) e os quadros de Instabilidade do Ombro, que pode advir de várias lesões.

Nesse artigo, eu vou te mostrar 5 recomendações para o pós operatório de cirurgia de ombro.

Fisioterapia pós cirurgia de ombro

1 – Use uma Tipóia durante todo o dia

Esse acessório é indispensável no pós operatório. Ele dá suporte ao ombro anulando os efeitos da gravidade. Use-o durante o dia para reduzir a dor e para evitar movimentos que coloquem em risco o tratamento cirúrgico realizado.

Passe a alça pela nuca para que o ombro fique em uma posição confortável. Evite ao máximo tirá-la durante o dia, apenas em momentos orientados pelo seu médico. O cirurgião irá orientar por quanto tempo será necessário a utilização desta imobilização, de acordo com a lesão tratada.

2 – Tome os medicamentos recomendados.

Siga as orientações do médico quanto ao uso dos medicamentos. Seja analgésicos, anti-inflamatórios ou antibióticos, tome as dosagens adequadas de acordo com as recomendações do cirurgião.

Evite qualquer tipo de bebida alcoólica nesse período. A combinação de substâncias com os medicamentos podem acarretar em sérios riscos para a sua saúde.

Evite fumar, pois este mau hábito influencia na qualidade da cicatrização.

Coma algo quando for tomar o medicamento. Alimentos leves como frutas, torradas ou iogurte ajudam para que o estômago não fique irritado, principalmente antes de dormir.

3 – Faça a Higiene correta

Um dia após a cirurgia, lave a ferida no banho com água corrente, sabão neutro, soro fisiológico ou qualquer outro produto de preferência do seu médico. Mantenha a ferida sempre seca. A utilização de gelo por 15 a 20 minutos sobre o ombro operado pode ser realizado em caso de dor intensa. Faça um curativo com gazes e micropore. A retirada dos pontos será realizada em torno de 15 dias, de acordo com a evolução da ferida.

4 – Como dormir depois da cirurgia no ombro

Essa recomendação engloba várias outras dicas. Vale dizer que, os tópicos 1 e 2, que falaram sobre imobilização do ombro e medicamentos, são cruciais para uma boa noite de sono. Manter a articulação imobilizada e tomar os medicamentos seguindo a risca os horários, vão influenciar diretamente na qualidade da sua noite de sono.

Em caso de dor, o uso do gelo por 15 a 20 minutos sobre o ombro pode ser indicado. Mas coloque o gelo ou qualquer outro objeto frio diretamente no seu ombro, sem envolvê-los em um pano ou toalha.

Geralmente 15 minutos de contato do ombro com o gelo, é o suficiente para “anestesiar” a área.

Procure dormir em uma posição reclinada. Use almofadas para criar um apoio para as costas e inclinar um pouco o corpo, ou durma em uma poltrona confortável e reclinável, caso você tenha.

Não deite de lado em cima do ombro operado e procure deixar o braço lesionado apoiado.

Aos poucos, conforme as dores e a rigidez do ombro diminuírem, você vai conseguir adotar posições mais horizontais para dormir.

5 – Fisioterapia no pós operatório

A recuperação do ombro pode variar muito, porque depende de cada organismo e do tipo de procedimento que foi realizado.

Uma cirurgia comum, como a de reparo de lesão do manguito rotador, costuma necessitar de 4 a 6 semanas de imobilização com tipóia.

Após esse período, é necessária uma avaliação para o começo do tratamento fisioterápico.

O maior objetivo da fisioterapia, no pós operatório, é recuperar as funções daquela articulação para que o paciente recupere a mobilidade total do ombro e possa realizar todas as tarefas do dia a dia, sem limitações.

Geralmente o paciente passou 30 dias com o ombro imobilizado, portanto os movimentos estarão limitados e é normal sentir um pouco de dor, principalmente nas primeiras sessões.

Em um segundo estágio, depois da recuperação de funcionalidade, começará um trabalho de fortalecimento muscular. Nessa fase, geralmente o terceiro mês após a cirurgia, o paciente já consegue realizar todas as atividades diárias básicas, portanto, começará o trabalho de força muscular.

Esse processo mais avançado prepara o paciente para a alta, que ocorre por volta do sexto mês de pós operatório, para que ele retorne às atividades mais pesadas do dia a dia, como por exemplo a prática de algum esporte.

Mulher fortalecendo ombro após cirurgia

Tratamento Inovador

Falamos sobre alguns cuidados básicos que você deve ter após uma cirurgia no ombro. Algumas dessas dicas podem ser aplicadas também em outros casos de cirurgias ortopédicas.

Como já foi dito anteriormente, a cirurgia não é a resposta para todos os problemas, hoje em dia temos diversas opções e estágios de tratamentos em articulações. Tudo depende do tipo de problema e das necessidades do paciente.

Por isso é importante você se informar muito bem sobre as opções e o profissional que está buscando.

Hoje tenho experiência no Tratamento por Ondas de Choque. Apesar do nome, não há relação com eletricidade. É uma onda acústica de ação mecânica que atua no tecido lesionado estimulando a revascularização.

Esses novos vasos trarão células de defesa  que vão agir de forma anti inflamatória no local.

Se você sofre com dores na articulação do ombro, que te impedem de realizar as tarefas do dia a dia e atrapalha até a sua noite de sono, clique no botão abaixo e solicite uma avaliação com um especialista.

Referências:

www.sbot.org.br
http://www.sbtoc.org.br/
https://sbus.org.br/

Ombro – Rockwood Edição: 2ª
Ano: 2002
Autor: Rockwood, Matsen
Editora: Revinter

Dr. Carlos Macedo

Dr. Carlos Macedo

Sou especialista em Ortopedia e Traumatologia com mais de 10 anos de experiência nas áreas de Cirurgia de Ombro e Cotovelo e no Tratamento por Ondas de Choque.

Deixe um comentário

Sobre

Dr. Carlos Macedo

Dr. Carlos Macedo

Sou especialista em Ortopedia e Traumatologia com mais de 10 anos de experiência nas áreas de Cirurgia de Ombro e Cotovelo e no Tratamento por Ondas de Choque.

Posts Recentes

Me Acompanhe

Use os botões abaixo para conhecer um pouco mais sobre o Dr. Carlos Macedo.

Copyright © 2019. Criado e Abastecido por Equipe Howeb