Síndrome do Manguito Rotador: O que é e como tratar

homem jovem empreendedor com dores no ombro por conta da síndrome do manguito rotador

Quase todas as pessoas que já se consultaram com um ortopedista, ouviram as palavras: “Síndrome do Manguito Rotador”. Todavia, muitos pacientes diagnosticados com esse problema, saem do consultório sem entender o que realmente é essa lesão, o que ela causa, como prevenir e tratar.

Se você foi diagnosticado com esse problema ou sofre de dores no ombro e desconfia que a causa pode ser a Síndrome do Manguito Rotador, leia esse artigo até o final.

Mas, antes falar tudo que envolve essa síndrome, vou explicar o que é o Manguito Rotador.

O que é Manguito Rotador

É o conjunto de tendões do ombro. SImples assim. Esse grupo é formado por quatro tendões principais: supra- espinhal, infra-espinhal, Redondo Menor e Subescapular. 

Esse grupo, junto com os músculos do braço, ajuda a estabilizar o úmero na cavidade da glenoide (ossos do ombro) durante vários movimentos esportivos, em que os braços são posicionados acima da cabeça, como esportes de arremesso, levantamento de peso, natação, e nos saques do tênis e vôlei.

Basicamente, esse grupo de tendões é responsável por toda a movimentação do seu ombro. E quando essa movimentação está comprometida, podemos estar diante da Síndrome do manguito Rotador.

O que é a Síndrome do Manguito Rotador

Conhecida também como síndrome do impacto do ombro, consiste em uma lesão na estrutura que ajuda na estabilidade do ombro. Essa inflamação pode ocorrer em um tendão ou nos quatro que compõem o Manguito rotador.

Tendões são estruturas fibrosas, pense neles como se fossem cordas que unem os músculos aos ossos. Diferente dos ligamentos que unem Ossos com Ossos.

Quando falamos em síndrome, falamos também em conjunto de sinais e sintomas que representam o surgimento de uma lesão.

Mulher levantando pedo da maneira errada o que pode causar síndrome do manguito rotador

Causas e Sintomas da
Síndrome do Manguito Rotador

Nos casos de Síndrome do Manguito Rotador, geralmente a pessoa se queixa de dores que podem piorar com os movimentos e no período noturno, perda de força, movimentação limitada e dificuldade de encontrar uma posição confortável para dormir.

Diversas causas podem contribuir para o surgimento desse tipo de lesão. O fator tempo é um deles, pois o avanço da idade pode causar um desgaste progressivo na articulação, que chamamos de lesão degenerativa.

A prática de atividades repetitivas seja no esporte ou no trabalho por tempo prolongado, também podem contribuir para o desenvolvimento dessa patologia, além das causas traumáticas. 

A Síndrome do manguito Rotador possui um grupo de risco que envolve pessoas como:

* Profissionais que realizam movimentos repetitivos com os braços, como pintores, carpinteiros, trabalhadores da área da construção, entre outros. 

* Pessoas acima dos 45 anos, pois como foi citado acima, o envelhecimento natural pode causar desgastes e contribuir para o desenvolvimento de lesões.

* Praticantes de atividades físicas, profissionais ou amadores, de modalidades esportivas que exigem movimentação intensa e repetitiva da articulação do ombro, como tênis, natação, basquete e volei por exemplo.

Essas são as causas e perfis mais comuns dos pacientes com esse tipo de inflamação. Se você se encaixa em alguma dessas categorias ou notou os sintomas citados, fique calmo porque vou te mostrar as opções de tratamento para cada caso.

Tipos de Tratamentos

Existe um trajeto básico para o diagnóstico exato, seguido do início de um tratamento assertivo.

No primeiro momento, o médico ortopedista vai te examinar clinicamente e a partir de algumas manobras em um exame físico, será possível identificar qual, ou quais tendões estão mais lesionados.

Após isso, é recomendada a realização de exames de imagem como: 

* Raio x para análise da parte óssea e da articulação do ombro como um todo. 

* Ressonância magnética ou ultrassom, para uma análise mais detalhada dos tendões e as estruturas musculares da articulação. 

Com essas informações em mão, será possível identificar e classificar o tipo de lesão. As lesões no manguito rotador se dividem basicamente em inflamatórias e roturas parcial ou total. Cada classe de lesão demanda um tipo de tratamento:

Tratamentos para Lesão Inflamatória

As lesões inflamatórias se resumem, basicamente, em tendinites. Os tratamentos mais indicados para essa classe de lesão são os conservadores como: 

* Fisioterapia 

* Exercícios de fortalecimento

* Agulhamento a seco

* Osteopatia

* Quiropraxia

* Acupuntura

* Tratamentos por Ondas de Choque.

O tempo de tratamento vai variar em cada caso, mas geralmente o período é de 4 a 6 meses.

Tratamentos para Lesão Parcial

A lesão parcial é como se o tendão tivesse “perdido” um pedaço da sua espessura. Imagine como uma corda que, em um certo ponto, está mais fina. Se esse rompimento for de até 50%, a lesão provavelmente também será tratada de maneira conservadora. 

Portanto, as modalidades citadas acima se aplicam nesses casos também. Mas se o rompimento for maior que 50%, uma cirurgia pode ser necessária.

Tratamentos para Lesão Total

Nos casos de rompimento total do tendão, a cirurgia é normalmente a indicação para a recuperação do tecido.

Hoje em dia existem pesquisas avançadas aqui no Brasil, com foco em regeneração tecidual. Consistem em infiltrações com fatores de crescimento para estimular a cicatrização e reconstituir lesões parciais e totais menores que um centímetro sem a necessidade de cirurgia. 

Vale ressaltar que essa modalidade ainda está em fase de pesquisa em nosso país, mas vale a curiosidade. 

O importante é buscar ajuda médica antes que o problema se agrave e torne o tratamento mais penoso para o paciente.

Mulher recuperada da síndrome do manguito rotador levantando peso

Buscando Ajuda Médica

A prevenção é sempre o melhor remédio e algumas práticas podem evitar o desenvolvimento da Síndrome do Manguito Rotador. Portanto, se preocupe em manter uma postura adequada, faça um aquecimento dinâmico antes das atividades físicas, tome cuidado com os movimentos repetitivos e evite elevação de carga ou atividades esportivas agressivas em excesso, sem uma preparação muscular adequada. 

A Síndrome do Manguito Rotador, é um dos principais e mais comuns tipos de patologia quando o assunto é articulação do ombro. E o diagnóstico precoce é essencial para que o tratamento seja menos invasivo possível. 

Por isso, se você sente dificuldade para trabalhar, não consegue mais praticar o seu esporte favorito ou ter uma noite de sono com qualidade, por conta de dores e falta de mobilidade no ombro, clique no botão abaixo e solicite uma avaliação com um médico especialista.

Dr. Carlos Macedo

Dr. Carlos Macedo

Sou especialista em Ortopedia e Traumatologia com mais de 10 anos de experiência nas áreas de Cirurgia de Ombro e Cotovelo e no Tratamento por Ondas de Choque.

Deixe um comentário

Sobre

Dr. Carlos Macedo

Dr. Carlos Macedo

Sou especialista em Ortopedia e Traumatologia com mais de 10 anos de experiência nas áreas de Cirurgia de Ombro e Cotovelo e no Tratamento por Ondas de Choque.

Posts Recentes

Me Acompanhe

Use os botões abaixo para conhecer um pouco mais sobre o Dr. Carlos Macedo.

Copyright © 2019. Criado e Abastecido por Equipe Howeb