Dor na planta do pé: as duas principais lesões e como tratar

Muitas pessoas que sofrem com dor na planta do pé, deduzem de início que o problema pode ser um esporão. Porém, muitas vezes o problema pode nem estar no pé, mas sim em outra região do corpo.

Esse tipo de dor pode ser causada por diversas situações. Se você já sentiu dor na planta do pé quando acordou. Ou quando ficou muito tempo sentado e ao se levantar, sentiu aquela fisgada, a dor pode estar relacionada a uma inflamação na fáscia.

Nesse artigo, eu vou te explicar os dois tipos de lesões mais comuns, que causam dor na planta do pé e os tratamentos mais indicados.

As principais causas da dor na planta do pé

Fascite Plantar

É uma das causas mais comuns e consiste em uma inflamação na fáscia plantar. Nome dado ao tecido espesso que reveste os tendões da planta do pé, conhecida também como sola do pé.

Esse tecido ajuda na absorção de impacto, na sustentação e na formação do arco plantar. Que é aquela “curvinha” da sola do pé. Geralmente, quando o problema é esse, a dor tende a aliviar no decorrer do dia, conforme a pessoa for andando e alongando essa região do pé.

Apesar da lesão ser de diagnóstico razoavelmente fácil, o tratamento pode ser um pouco demorado. É essencial procurar um ortopedista, porque além do tratamento localizado, é preciso investigar as causas da Fascite Plantar. Pois essa lesão pode ser sinal de outras alterações como: o pisar errado e problemas na coluna lombar.

Muitas vezes, o paciente insiste tratando somente a dor localizada na planta do pé. E não consegue alcançar um resultado satisfatório na melhora do problema. O profissional de ortopedia precisa ter um raciocínio clínico amplo, porque até mesmo uma hérnia de disco baixa pode ser a causa da dor na região plantar, sendo confundida com a Fascite Plantar.

Outra região que pode ser responsável pela inflamação é a panturrilha. Por isso, é importante você alongar e fortalecer e equilibrar esta musculatura.

Esporão de Calcâneo

O nome esporão é muito popular. A maioria das pessoas que começam sofrer com dor na planta do pé, já logo imaginam que estão com um esporão. Mas, vimos acima que, mesmo sendo uma lesão conhecida, não é mais comum que a Fascite plantar e nem devem ser consideradas como sinônimos.

O calcâneo é o maior osso da estrutura óssea do pé. Por suportar todo o peso do corpo e receber impacto com regularidade, a dor no calcanhar é um motivo frequente para a procura de ajuda médica.

O esporão do calcâneo é resultado do crescimento de um pequeno segmento do osso do calcanhar, que se forma na parte de baixo ou na região posterior. Essa protuberância, quando entra em contato com a fáscia, causa dor.

As causas mais comuns, para esse crescimento anormal de uma parte do osso do calcanhar, são caminhadas ou corridas em excesso, obesidade e uso de calçados impróprios como as rasteirinhas ou sandálias.

A seguir, vamos ver os principais tipos de tratamento para esses dois tipos de lesão

Mulher snetada no sofá com dor na planta do pé

Tratamentos para Fascite Plantar e Esporão de Calcâneo

Tendo o diagnóstico definido de acordo com exames clínicos e de imagem, o tratamento deve ser iniciado. Vamos ver abaixo algumas opções de tratamento:

* Fisioterapia: é o tipo de tratamento inicial. O foco será em exercícios de alongamento da planta do pé para aliviar o processo inflamatório e também exercícios de fortalecimento da musculatura intrínseca do pé.

Nesse período, é bom evitar andar descalço em superfícies duras e o uso de calçados baixos como rasteirinhas ou chinelos. O Ideal é o uso de um salto de até dois dedos, com base larga.

* Tratamento por ondas de choque: caso a melhora não seja satisfatória somente com a fisioterapia e exercícios, podemos utilizar essa modalidade de tratamento por ondas de choque. Essa é uma técnica com extrema eficácia para esses dois tipos de lesão.

Esse tratamento pode ser feito em conjunto com a fisioterapia. Porque além de tratar as lesões, ele vai agir diretamente na diminuição da dor. Serão realizadas de 3 a 5 sessões. Podendo variar de acordo do tipo de lesão e a gravidade.

Pesquisas mostram que o tratamento por ondas de choque tem 80% de bons resultados nesses casos.

Clique no botão abaixo e faça uma avaliação com um médico especialista em tratamento por ondas de choque.

* Infiltrações e cirurgia para fascite: caso a inflamação persistir, após o tratamento por ondas de choque, existe a opção de infiltrações que costumam ser um pouco dolorosas nessa região. E também, como último recurso, o tratamento cirúrgico.

* Cirurgia para esporão: nesse tipo de lesão, a cirurgia é recomendada para os casos mais graves. E consiste na liberação da fáscia plantar e remoção do esporão.

Atleta curado da dor na planta do pé

Diagnóstico correto

O Esporão de Calcâneo é uma patologia onde a dor é pontual na região do calcâneo. Já na Fascite Plantar, a dor é normalmente em toda região plantar e pode ter origem em uma região a distância como a coluna lombar.

Este diagnóstico é clínico, associado ao Raio X e a Ressonância magnética ou ultrassom.

Como foi dito anteriormente neste artigo, o médico ortopedista precisa investigar de maneira inteligente para que a fonte do problema seja identificada e tratada. Desse modo, o tratamento será eficaz na resolução definitiva e não apenas amenizando sintomas.

Se você sofre com dor na planta do pé ou se ficou com alguma dúvida, ficarei feliz em te atender.